Cyril Després X Guilherme Spinelli

Quem acompanha o esporte está acostumado a ver episódios que frequentemente mancham a história. Escândalos, sabotagens, resultados “arranjados”, falta de ética, falta de companheirismo e tudo mais.

E quanto maior o evento e mais dinheiro envolvido, maiores as possibilidades. Como na Fórmula 1, por exemplo em que não nos cansamos de ver e até nos acostumamos com isso.

Mas um grande exemplo de falta de ética e de atitude anti-desportiva pôde ser visto na 8ª etapa do Rally Dakar, a maior competição off-road do mundo.

O francês Cyril Després, tricampeão da prova, estava liderando até cair em um rio de lama. E com a moto atolada, parecia que seria impossível tirá-la dali sozinho. Mas o português Paulo Gonçalves também atolou do lado dele e vendo que não sairiam dali sozinhos, ajudou o francês. E qual vocês acham que foi a atitude do francês? Ajudá-lo de volta? Nada disso. Subiu na moto, limpou o roadbook e saiu acelerando, deixando o português atolado.

Poderia passar despercebido, se não tivesse sendo filmado…

Mas outro caso também aconteceu nesta edição do Dakar. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, atuais bicampeões do Rali dos Sertões, vinham desempenhando um bom papel e constantemente figurando entre os melhores. Até acontecer um problema no Mitsubishi Lancer da dupla. Impossibilitados de prosseguir, receberam ajuda externa para arrumar o veículo e prosseguiram na prova, ainda que com bastante atraso.

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad em ação no Dakar 2012

O problema é que o regulamento da prova é bastante claro e rigoroso nestes casos: ajuda externa, apenas de outros competidores, o que não foi o caso. Mas como ninguém registrou e isso até deve acontecer eventualmente, poderia passar despercebido.

Mas surpreendentemente o piloto Guilherme Spinelli abriu o jogo, de maneira que até impressionou o presidente dos comissários do rali, Josep Besoli.

“Ele nos procurou, com lágrimas nos olhos, com uma carta em que comunicava seu abandono, por assistência irregular. É a primeira vez em 36 anos que eu vejo algo assim. Seria fantástico se pudéssemos convidá-lo no ano que vem. Deveria ser um exemplo para o resto dos competidores”, afirmou o dirigente, emocionado com o gesto do brasileiro.

Foi o próprio Guilherme Spinelli quem explicou a atitude tomada:

“Sei que ninguém me viu, mas não posso fazer isso. Não poderia aceitar terminar o Dakar trapaceando. Não poderia dormir com isso. A honestidade é a minha prioridade e única motivação”.

O episódio, que deveria ser uma coisa normal no esporte, chamou tanto a atenção e causou tanto espanto que foi destaque em várias publicações mundo afora, inclusive no “Marca” da Espanha (CLIQUE AQUI para ver a matéria na versão online do Marca).

“Nossa atitude foi simplesmente a única que podíamos tomar numa situação dessas. Sem dúvida eu e toda a equipe Mitsubishi Brasil ficamos muito felizes de poder ter despertado esse sentimento de justiça, honestidade, caráter e humildade. Foi muito bom sermos vistos pela elite do rally mundial, pelo rally brasileiro e pelas pessoas em geral como um exemplo a ser seguido. Não tomamos essa decisão com essa intenção, mas se despertarmos esse sentimento ficamos ainda mais felizes com a nossa decisão.”

Verdade que uma atitude como esta é surpreendente e cada vez mais rara no esporte. Mas não devia ser.

E poderia passar despercebido, já que ninguém havia filmado…

Spinelli e Haddad não terminaram a prova. E Cyril Després está liderando nas motos. Mas fica o exemplo de espírito esportivo a ser seguido.

Felizmente para alguns a honra, a ética e o caráter são mais importantes. 

CLIQUE AQUI e veja o vídeo em que Cyril Després atola e deixa o português Paulo Gonçalves na lama…

Anúncios

8 comentários sobre “Cyril Després X Guilherme Spinelli

  1. Honestidade não é para todos! Parabéns ao nosso brasileiro campeão, mas ao francês… Vá tomar cuidado com suas atitudes!!!

  2. O artigo está ótimo. A única coisa que queria informar é que o Piloto Português chama-se Paulo Gonçalves.
    Parabéns ao Guilherme Spinelli pela sua postura desportiva!

  3. Que pena que sao os jogadores de futebol os maiores exemplos dos Brasileiros!E e por isto que a atitude do Spinelli nos espanta tanto aqui no Brasil!Poderia ser uma das nossas maiores qualidades!Mas sao exatamente os que deveriam dar o exemplo ,os que nao mostram esta etica e moral que o spinelli teve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s