A FIM anuncia criação de nova “Categoria Rainha” no Mundial e redução de custos para organizadores

Novidades para o Mundial de Enduro 2016 foram anunciadas em coletiva de imprensa - Crédito: Divulgação ABC/FIM

Novidades para o Mundial de Enduro 2016 foram anunciadas em coletiva de imprensa – Crédito: Divulgação ABC/FIM

A FIM – Federação Internacional de Motociclismo – e a ABC Comunicação, promotora do Campeonato Mundial de Enduro, anunciaram nesta sexta-feira em coletiva de imprensa, a criação, a partir de 2016, da categoria EnduroGP. Anunciaram ainda a redução de custos para os organizadores de etapas do Campeonato Mundial.

Após consulta aos fabricantes, a Comissão de Enduro da FIM decidiu criar a EnduroGP, uma nova “Categoria Rainha”, visando simplificar e revitalizar a imagem do Enduro com o público e os meios de comunicação. A ideia é também oferecer aos demais pilotos a chance de serem campeões pelas categorias E1, E2, E3 e Junior, já que os pilotos considerados “de elite”, estarão na Enduro GP.

A nova categoria será composta por até 16 pilotos, que terão o processo de seleção definidos em breve pela Comissão de Enduro da FIM. As categorias E1, E2, E3, Junior, Youth e Feminina continuam com as mesmas regras (vide abaixo). Esta decisão será ainda submetida a decisão da Assembleia Geral ao final do ano.

Os melhores de cada categoria passarão a disputar a EnduroGP. Critério de seleção ainda será definido - Crédito: Divulgação Enduro-ABC

Os melhores de cada categoria passarão a disputar a EnduroGP. Critério de seleção ainda será definido – Crédito: Divulgação Enduro-ABC

REDUÇÃO DE CUSTOS PARA ORGANIZADORES – A ABC e a Comissão de Enduro da FIM também irão estudar formas de reduzir os custos para os organizadores de etapas do Mundial, conforme anunciado na coletiva de imprensa. Em breve ficaram de divulgar um pacote de ações de ajuda, mas já estudam arcar com as despesas de cronometragem, gestão da administração, custos de transporte fora da Europa para os pilotos da EnduroGP, criação de um “Fundo de Solidariedade”, remoção das despesas de hospedagem e possibilidade de organizar uma corrida de apoio válida para campeonato nacional ou continental.

Com essa decisão a Comissão de Enduro espera atrair os organizadores mais profissionais e retornar com uma base regular com as melhores e mais tradicionais provas de enduro.

Um documento detalhando estas novas decisões será encaminhado para os organizadores.

E pra finalizar a coletiva de imprensa, foi anunciado ainda que a Comissão analisará outros formatos de competição para 2016, como Extreme Enduro, Enduro Sprint, GNCC, etc.

Calendário do Campeonato Mundial 2016:
8 a 10 Abril – Marrocos
15 a 17 Abril – Portugal
Maio – Grécia
10 a 12 Junho – Finlândia
17 a 19 Junho – Suécia
01 a 03 Julho Espanha
15 a 17 Julho Itália
Setembro – a definir

Categorias do Campeonato Mundial de Enduro:
EnduroGP – pilotos da E1, E2 or E3
Enduro 1 – de 100cc a 125cc 2 tempos / de 175cc a 250cc 4 tempos
Enduro 2 – de 175cc a 250cc 2 tempos / de 290cc a 450cc 4 tempos
Enduro 3 – de 290cc a 500cc 2 tempos / de 475cc a 650cc 4 tempos
Enduro Junior – Para pilotos com menos de 23 anos em 1° de Janeiro do ano do campeonato
Enduro Youth – de 100cc a 125cc, 2 Tempos – Pilotos com menos de 20 anos no dia 1° de janeiro do ano do campeonato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s