Conheça um pouco mais sobre Júlio César, do Zanol Team Rinaldi/ASW

Crédito: MauHaas - Zanol Team Rinaldi/ASW

Júlio César já está pronto para novos desafios na temporada 2015 – Crédito: MauHaas – Zanol Team Rinaldi/ASW

A primeira vez que Júlio chamou a atenção em uma prova de Enduro FIM foi em Novembro de 2013, em Patrocínio, na prova final do Campeonato Brasileiro de Enduro. Piloto de Motocross e Cross Country, com vários títulos conquistados, chegou como quem não queria nada, com uma moto de 450 cilindradas que usava no motocross, modalidade que praticava à época.

Júlio no Enduro de Aracruz 2014 - Crédito: Janjão Santiago

Júlio no Enduro de Aracruz 2014 – Crédito: Janjão Santiago

No primeiro dia ficou em segundo (atrás apenas de Rômulo Bottrel, campeão antecipado da temporada), em uma prova de mais de sete horas. No domingo o dia amanheceu com muita chuva e a prova, que já estava pesada, ficou ainda pior, com muitos pilotos abandonando. A chuva continuou a cair durante todo o dia e os pilotos tiveram muito trabalho para fazer toda a prova. Neste dia em que muitos não conseguiram completar as duas voltas, Júlio César não só completou, como venceu.

Na temporada seguinte, em 2014, já fazia parte do Zanol Team, do multicampeão Felipe Zanol. Depois de conquistar o Brasileiro de Cross Country em 2008 e vários títulos no Motocross, entrava definitivamente no Enduro FIM, a modalidade que mais cresce e chama atenção no país. E de cara já conseguiu conquistas importantes: Vice-campeão Brasileiro de Enduro e Campeão da Copa EFX.

Conheça um pouco mais do piloto Júlio César, mineiro de Caetanópolis e piloto do Zanol Team Rinaldi/ASW:

Julio Cesar Zanol“Nasci e fui criado em Caetanópolis, pequena cidade do interior de Minas Gerais. A minha paixão por duas rodas começou cedo, ainda na infância. Primeiro pelas bikes e anos mais tarde pelas motocicletas. Aos 8 anos ganhei a primeira e tão sonhada moto e, a espelho do meu irmão mais velho, vieram as primeiras trilhas e competições. Em pouco tempo vieram também as primeiras vitórias em provas e campeonatos regionais.

Em 2007 conquistei o primeiro título a nível regional, um Vice-campeonato Mineiro de Cross Country na categoria nacional. Em 2008 um desafio maior, o Campeonato Brasileiro de Cross Country, onde consegui mais um título de expressão, dessa vez o de Campeão Brasileiro de Cross Country, também na categoria Nacional.

No ano seguinte migrei das pistas de Cross Country para as de motocross, onde as vitórias e títulos também permaneceram. Já no primeiro ano, o de Campeão da Copa Pimonte de Motocross e, em 2010, vice-campeão mineiro de Motocross, ainda na nacional.

Julio Cesar 2Em 2011 a mudança de categoria, com muitos treinos e a adaptação a uma moto importada de 250cc. Ao fim do ano fui Campeão Norte -mineiro de Supercross na MX1. Sem abandonar a Categoria Nacional, no ano de 2013 sagrei-me campeão da Copa Minas Gerais de Motocross. Ao final desse mesmo ano um grande desafio na carreira: o convite de Felipe Zanol para competir no Enduro, modalidade na qual ainda não tinha experiência, fazendo parte de uma grande equipe, o Team Zanol Honda.

E 2014 começou com uma prova e tanto, a etapa do Mundial de Super Enduro, disputada no Mineirinho, em Belo Horizonte. Em uma modalidade ainda pouco conhecida pelos brasileiros e uma pista cheia de obstáculos, obtive o melhor resultado dentre os brasileiros participantes, um bom inicio para a sequência de competições que viria.

Foi mesmo um ano incrível: Campeão invicto e de forma antecipada da Copa EFX na categoria E2 e ainda Vice-campeão Brasileiro de Enduro na mesma categoria. Do aprendizado à evolução, 2014 me mostrou que o enduro poderá me trazer ainda mais vitórias e alegrias em 2015.

Sei que preciso seguir evoluindo e que tenho muito para melhorar, mas o mais importante deste projeto é poder contar com o apoio e a experiência de Felipe Zanol!”

 

Um comentário sobre “Conheça um pouco mais sobre Júlio César, do Zanol Team Rinaldi/ASW

  1. Bonita a história, ele é muito bom mesmo. Agora eu não entendi foi a não publicação da foto do rosto do piloto. Desta forma as pessoas vão conhece-lo somente pelo nome ou pelo #240.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s