Participantes do Dakar fazem uma pausa e prestam homenagem às vítimas de atentado em Paris

Crédito: Ricardo Ribeiro/VIPCOMM

Crédito: Ricardo Ribeiro/VIPCOMM

Vítima do terrorismo em várias situações quando era realizado na África, o Rally Dakar convocou uma manifestação de apoio às vítimas do ataque à sede da revista Charlie Hebdo, localizada em Paris. O atentado deixou 12 mortos e vários feridos. A organização do evento fica na capital francesa.

Cartazes em diversos idiomas foram espalhados no acampamento montado na cidade de Antofagasta, às margens do Oceano Pacífico, no Chile, com o convite para os cerca de 3.000 participantes do evento: pilotos, navegadores, equipes, membros da organização, jornalistas e visitantes.

O encontro foi marcado no “centrinho” do acampamento, onde fica o restaurante. Ali normalmente são realizados os briefings diários no final do dia e é acesa uma grande fogueira. O local, usado para confraternização e onde os competidores contam histórias sobre a corrida, dá lugar à homenagem às vítimas do ódio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s