Dakar 2015 – 6ª Etapa – Barreda Bort lidera, Paulo Gonçalves aperta: Marc Coma em apuros!

Barreda administra a vantagem no Dakar - Crédito: página pessoal/facebook

Barreda administra a vantagem no Dakar – Crédito: página pessoal/facebook

Clima é de descontração na Honda: Barreda (E) é lider e Palu Gonçalves (D) terceiro, agora mais próximo de Coma - Crédito: página pessoal/facebook

Clima é de descontração na Honda: Barreda (E) é lider e Paulo Gonçalves (D) terceiro, agora bem mais próximo de Coma – Crédito: página pessoal/facebook

O português Helder Rodrigues,com uma Honda, foi o vencedor da 6ª etapa da edição 2015 do Rally Dakar. O experiente piloto, que tem oito participações no maior rally do mundo, conquistou sua 6ª vitória em uma etapa, a primeira nessa edição. Ele completou a especial com o tempo de 3h40m10s, com o australiano Toby Price, da KTM, no seu encalço. Price cruzou a linha de chegada 1m10s atrás de Rodrigues, depois de andarem com tempos muito próximos durante toda a parte final da especial. Os dois pilotos imprimiram um ritmo muito forte nesta 6ª etapa. Com o resultado Rodrigues ganhou quatro posições na classificação geral, pulando de 10º para 6º lugar. O terceiro colocado foi o português Paulo Gonçalves, da Honda, 1m42s atrás do vencedor – no geral, ele é o terceiro, 17min12s atrás de Barreda.

Clima é de apreensão para Coma. Barreda se mantém à frente e Gonçalves cada vez mais perto - Crédito: página pessoal/facebook

Clima é de apreensão para Coma. Barreda se mantém à frente e Gonçalves cada vez mais perto – Crédito: página pessoal/facebook

BARREDA X COMA: Assim como na quarta e quinta etapas, Joan Barreda manteve a estratégia de “colar” em Marc Coma. Com a vantagem na classificação, largou 2 minutos atrás de Coma e conseguiu chegar no compatriota que, logo no início da especial tomou uma queda, porém sem conseuências. Mais uma vez, Barreda optou por fazer toda a especial junto de seu principal concorrente até aqui nesta edição do Dakar. Os dois chegaram a se perder no km 130 da especial, mas conseguiram retomar o caminho certo e finalizaram a especial com Barreda em sexto e Coma em oitavo. A vantagem que era de 10 minutos voltou a subir para mais de 12 minutos de vantagem para Barreda.

COMA X PAULO GONÇALVES: E se teve que se preocupar nesses três dias com a estratégia e perseguição implacável de Barreda, hoje Coma tem ainda mais motivos para se preocupar. Terceiro colocado na classificação, o português Paulo Gonçalves, companheiro de equipe de Barreda na Honda, diminuiu a diferença, que era de mais de 12 minutos para menos de 5 de desvantagem para Coma. O português da Honda foi hoje 7m30s mais rápido que o espanhol da KTM, ficando a apenas 1m42s do vencedor de hoje.

Barreda: rindo à toa - Crédito: página pessoal/facebook

Barreda: rindo à toa – Crédito: página pessoal/facebook

Joan Barreda Bort: “Alguns trechos foram muito rápidos, outros foram bem mais difíceis. Andei praticamente junto com o Marc. Quando chegamos às dunas, alguns pilotos nos alcançaram. Tive que ter muito cuidado para conseguir finalizar bem a prova”.

Marc Coma: “Logo no início da etapa eu tive uma queda, mas por sorte sem consequências. Talvez por isso me senti um pouco desconfortável no começo, mas depois fui encontrando meu ritmo e vim abrindo bem a etapa. Em um certo momento da prova, tivemos um pequeno erro, porém, não comprometeu tanto. Com  Joan (Barreda) se mantém a tônica, ele tenta manter a liderança e nós tentamos recuperar o tempo perdido. Às vezes não dá, mas temos que lutar a cada dia. Agora temos o dia de folga, que virá a calhar para preparar as motos antes da etapa maratona. E também para o corpo para descansar, com todas as milhas acumuladas por nós até agora. De qualquer forma, estou feliz e as sensações são boas”.

O português Helder Rodrigues conquistou a sexta vitória em especiais do Dakar - Crédito: página pessoal/facebook

O português Helder Rodrigues conquistou a sexta vitória em especiais do Dakar – Crédito: página pessoal/facebook

Helder Rodrigues: “Iniciei o Dakar com alguns problemas físicos e com duas etapas iniciais difíceis. Depois tive problemas mecânicos em outra etapa. Hoje deu tudo certo, uma etapa muito boa e estou satisfeito porque ainda tenho uma semana para atacar. Se conseguir o melhor tempo, ficarei feliz, mas me contentarei também com a segunda posição. Para mim, a coisa mais importante é que eu gostei da especial. Fui capaz de andar muito rápido, chegando a Marc e Joan, e até mesmo melhorar o ritmo na última parte da especial”.

PAUSA:

Depois de seis dias e mais de 3.500 quilômetros rodados pela Argentina e Chile, os participantes da categoria motos finalmente terão um dia de descanso, no acampamento de Iquique (CHI). O sábado (10) servirá para os competidores recuperarem as energias antes de partirem para segunda metade da prova e encararem novos desafios, como o Salar de Uyuni, na Bolívia, e as etapas maratona, nas quais eles não podem ter assistência externa na manutenção dos veículos.

Resultado da 6ª etapa:
1) Helder Rodrigues (POR) Honda – 3h40.10
2) Toby Price (AUS) KTM  +1m10
3) Paulo Goncalves (POR) Honda +1m42
4) Pablo Quintanilla (CHI) KTM +6m11
5) Stefan Svitko (SVK), KTM +6m42
6) Joan Barreda (ESP) Honda +7m20
7) Jeremias Israel Esquerre (CHI) +8m55
8) Marc Coma (ESP) KTM +9m14
9) Ruben Faria (POR), KTM +9m34
10) Ivan Jakes (SVK) KTM  +13m59

Resultado Geral após 6 etapas:
1) Barreda 21h38m35s
2) Coma +12m27s
3) Goncalves +17m12s
4) Qunitanilla +29m75s
5) Price +33m44s
6) Rodrigues +36m04s
7) Faria +40m27s
8) Svitko +41m27s
9) Duclos +52m56s
10) Israel Esquerre +1h00m48s
11) Viladoms +1h04m28s
12) Casteu +1h14m52s

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s