Enduro da Independência 2014 – Bomba! De novo!

Bombadinho voltou a vencer e lidera o enduro da Independência. Ainda faltam mais 4 etapas (dois dias) - Foto Janjão Santiago

Bombadinho voltou a vencer e lidera o Enduro da Independência. Ainda faltam mais 4 etapas (dois dias) – Foto Janjão Santiago

O segundo dia de prova do Enduro da Independência teve cerca de 250 quilômetros que foram percorridos em 7h30 pelos mais de 300 pilotos. A prova saiu de Mariana com os pilotos enfrentando ainda muitas pedras pelas trilhas da região. E após largarem, seguiram para Manhuaçú, onde chegaram em meio a plantações de eucaliptos e cafés. Foi um dia que exigiu atenção ao roteiro e muitos pilotos perderem pontos por falta de atenção à planilha.

O piloto paranaense Emerson Loth, o Bombadinho, novamente andou muito forte e voltou a vencer. A dupla vitória nestes dois primeiros dias (hoje ele ficou em 1º na etapa inicial e ficou em 2º na etapa final) pode dar a falsa impressão de que esteja fácil a disputa, mas o que podemos perceber é que o nível está altíssimo e qualquer pequeno vacilo pode significar a perda de importantes posições. 

Jomar ocupa a segunda colocação na classificação e amanhã corre "em casa" - Foto Janjão Santiago

Jomar ocupa a segunda colocação na classificação e amanhã corre “em casa” – Foto Janjão Santiago

Quem vem perseguindo de perto o líder Bombadinho é o atual campeão do Independência, o capixaba Jomar Grecco. Ele ocupa a segunda colocação na classificação geral e amanhã a prova entra em território bem conhecido do piloto. A prova chaga ao Espírito Santo, na cidade de Venda Nova do Imigrante, local onde o piloto usa as trilhas para treinar e onde venceu, no último mês de Junho, as duas etapas do enduro da Polenta, prova válida pelo Campeonato Brasileiro. Jomar fez dois terceiros lugares no segundo dia do Independência.

Para complicar ainda mais a briga pelo título do Independência, o terceiro colocado é outro capixaba, o piloto Oriel Casagrande Neto, o Netinho, que é da cidade de Venda Nova do Imigrante. O piloto ficou na segunda colocação hoje, com um 1º e um 4º lugar nas 3ª e 4ª etapas.

Os capixabas apostam no terceiro dia, que acontece neste sábado. A prova passa por Pedra Azul, terra do Jomar e chega em Venda Nova do Imigrante, terra do Netinho. 

Para Bombadinho a prova só será decidida no último dia.  “Ano passado venci os três primeiros dias e depois perdi no quarto, assegurando o vice-campeonato. No Regularidade é assim, um vacilo e você joga tudo a perder”, disse Bombadinho.

O melhor mineiro na prova de hoje foi Mário Vignate (Gas Gas) que chegou na quarta colocação. O francês Adrien Metge (Honda Motofield) não apresentou o mesmo desempenho de ontem e chegou na décima oitava colocação.

O 32º Enduro da Independência tem o apoio de ASW, Microcity, Triumph BH, Honda, Yamaha, Mobil Super Moto, Motostreet Racing, RS Motos, Luchese Motos, Morato Motosil Império, Plena Alimentos, Prefeitura Municipal de Mariana (MG), Prefeitura Municipal de Manhuaçu (MG), Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante (ES), Prefeitura Municipal de Vitória (ES) e SETUR – Secretaria de Turismo do Estado do ES.
 
Confira abaixo os 10 primeiros da categoria Máster – EI – 2º dia
1º – Emerson Loth Bombadinho – 47 (2-1)
2º – Oriel Neto – 43 (1-4)
3º – Jomar Grecco – 40 (3-3)
4º – Mario Gonçalves Vignate – 33 (10-2)
5º – Rodrigo Amaral – 28 (8-6)
6º – Wesley Antunes – 27 (5-10)
7º – Ronaldi Santi – 24 (13-5)
8º – Jonas Schulz – 22 (9-11)
9º – Carlos Minet – 22 (4-17)
10º – Eduardo Dranka – 21 (12-9)
 
Classificação após as 4 primeiras etapas (dois dias): 
1º – Emerson Loth Bombadinho – 94 
2º – Jomar Grecco – 78 
3º – Oriel Neto – 73 
4º – Rodrigo Amaral – 60 
5º – Michel Cechet – 59

TERCEIRO DIA:

Parte final da prova exigiu muita atenção a navegação e complicou a vida de muitos pilotos - Foto Janjão Santiago

Parte final da prova exigiu muita atenção a navegação e complicou a vida de muitos pilotos – Foto Janjão Santiago

No terceiro dia do Enduro da Independência a prova larga de Manhuaçú com destino a Venda Nova do Imigrante, em 218 kms de muitas trilhas e onde os pilotos deverão ter atenção redobrada ao roteiro. a chegada em Venda Nova será no Ginásio do Polentão, onde uma grande festa está sendo preparada para recepcionar os pilotos. A previsão de chegada é às 14h30. Antes de chegar a Venda Nova porém, os pilotos irão passar por Pequiá, Ibatiba e Brejetuba, locais dos neutralizados da prova.

O Diretor de Prova e levantador do percurso Edmilson Campos conta como será o dia:

Até Pequiá e Ibatiba a prova terá muita trilha logo no início. serão trechos que irão exigir atenção ao roteiro, em meio a plantações de eucalipto. Trilhas bastante escorregadias que vão exigir habilidade dos pilotos e muita navegação. A segunda etapa terá mais trechos em terrenos escorregadios e nesta parte da prova os pilotos passarão por muitas lajes de pedra em locais de alta altitude. Passarão por muitos cafezais que exigirão atenção ao roteiro e habilidade técnica também.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s