8º Enduro Nacional das Neves – 11ª e 12ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade

O catarinense Jonas Schulz não deu chances pra ninguém, venceu os dois dias do 8º Enduro Nacional das Neves

O catarinense Jonas Schulz não deu chances pra ninguém, venceu os dois dias do 8º Enduro Nacional das Neves

O Moto Clube Feras da Trilha realizou na cidade de Braço do Norte, em Santa Catarina, o Enduro Nacional das Neves, mais uma prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade e que foi válida também pelos campeonatos Sul-brasileiro e Catarinense. A última vez que a cidade havia recebido uma etapa do brasileiro foi em 2004 e, dez anos depois, realizou uma prova que ficará na memória dos participantes pela grande quantidade de trilhas e visuais incríveis, além do frio e das trilhas escorregadias, claro. A prova foi muito bem organizada e elogiada por todos. Trilhas perfeitas, planilhas precisas e prova muito bem sinalizada, usando como roteiro as melhores trilhas da região sul de Santa Catarina.

Feras das Trilhas organizaram uma prova impecável

Feras das Trilhas organizaram uma prova impecável

No primeiro dia, com 185 quilômetros, as trilhas estavam bem escorregadias, graças às chuvas que caíram no meio da semana. Na região da Serra da Pedra Furada as trilhas fizeram os pilotos suarem bastante, apesar do frio. Subidas de pedras e com lama serviram para medir a habilidade e o preparo dos pilotos.

Neste dia o piloto Emerson Loth Bombadinho, terceiro colocado no Campeonato, teve problemas na sua moto e teve que abandonar a prova, enquanto Jomar Grecco, líder, e Guilherme Cascaes, segundo colocado na classificação, brigavam pra ver quem levava a melhor. Enquanto isso o piloto catarinense Jonas Schulz, não quis saber da briga entre os dois, andou forte e venceu o dia. Outro catarinense, Felipe Knapp, conseguiu a segunda colocação no dia. Cascaes foi o terceiro e Grecco o quarto colocado.

Jomar Grecco segue líder do Brasileiro. Vantagem agora é de 21 pontos

Jomar Grecco segue líder do Brasileiro. Vantagem agora é de 21 pontos

O segundo dia de prova também começou com temperaturas muito baixas e as trilhas nesse dia estavam mais tranquilas – se é que se pode dizer que existam trilhas tranquilas na região. Foram cerca de 130 quilômetros de trilhas rápidas, em meio a matas fechadas e eucaliptos e alguns locais bastante escorregadios também deram a tônica do dia. O ponto alto foi a Trilha do Pânico, uma trilha em meio a uma mata onde, depois de uma descida bastante inclinada e escorregadia, uma subida com cotovelos, cavas e raízes. Neste dia, mais uma grande atuação do piloto Jonas Schulz, que venceu de forma convincente, sem dar chances aos adversários. Emerson Loth Bombadinho, depois de arrumar a moto, andou forte e conquistou a segunda colocação. O terceiro colocado no dia foi Jomar Grecco, com Felipe Knapp em quarto e Guilherme Cascaes em quinto.

Na classificação geral, vitória de Jonas Schulz, com Felipe Knapp em segundo e Jomar Grecco em terceiro. Cascaes foi o quarto colocado e o paranaense Tiago Kudlavies o quinto.

Thiago Destro venceu a Categoria Sênior

Thiago Destro venceu a Categoria Sênior

Na Categoria Sênior outra festa catarinense, com os pilotos do estado conquistando as melhores colocações na prova. O vencedor foi o piloto Thiago Destro, com Rafael Ascari Baggio em segundo e Ferdinando Regensburger em terceiro. Na disputa do campeonato brasileiro o vice-líder Jony Jachtchechen foi apenas o sexto colocado e o líder Túlio Malta foi o décimo.

Na categoria Over 40 o catarinense Genoir Brunning também fez a festa e venceu os dois dias, apesar da forte disputa com o multicampeão Sandro Hoffmann, que teve que se contentar com a segunda colocação na prova. O terceiro colocado foi outro catarinense, o piloto Gilson Barpp.

O Catarinense Genoir Brunning venceu os dois dias de prova

O Catarinense Genoir Brunning venceu os dois dias de prova

A Over 50 teve briga de gaúchos pelas primeiras posições. Quem se deu melhor foi José Scheid, com Vlademir Smaniotto na segunda colocação e José Fernando Utzig em terceiro.

Os catarinenses Cássio Damiani e Guilmour Ferreira da Silva foram campeão e vice, respectivamente, da categoria Júnior. O mineiro de Timóteo, Pedro Henrique Castro Lage ficou na terceira colocação e segue tranquilo na liderança do brasileiro.

Na categoria Novatos o piloto gaúcho John Pablo Cristiano Bentz foi o campeão, com Marcelo Tramontin em segundo e Rafael da Cunha em terceiro, ambos catarinenses.

Entre as duplas, Welliton da Silva e Alberi da Silva foram os campeões. Na segunda colocação ficaram Sandro Lazaron e Ricardo Fratin. Higor e Renato Mega Motos ficaram na terceira colocação.

Restam agora mais duas provas (quatro etapas) para o fim do Campeonato Brasileiro. Nos dias 27 e 28 de setembro acontece a prova de Piracicaba/SP e nos dias 18 e 19 de outubro acontece em Curitiba/PR a final do campeonato.

Os Trilheiros do Pânico fizeram a alegria da galera

Os trilheiros do Pânico na Trilha fizeram a alegria da galera

Um comentário sobre “8º Enduro Nacional das Neves – 11ª e 12ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade

  1. Pingback: Bombadinho, do verde para o azul: de Sherco em 2015! | supertrilha.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s