31º Enduro da Independência – 2013 – muitas novidades e presenças ilustres!

Logo Independencia 2013

Tudo pronto para 31ª edição do Enduro da Independência. E este ano a prova promete, está cheia de novidades. De volta ao formato de prova em linha, com largada em Vitória/ES e chegada em Ouro Preto/MG, os pilotos percorrerão cerca de 850 quilômetros de muitas trilhas em 4 dias de provas. Para a categoria Master, serão cerca de 26 horas de provas. Para as categorias que largam mais atrás, caso da Novatos, Duplas Estreantes, Over 55 e Feminina, serão cerca de 30 horas de competições nos 4 dias. Até agora, já são 14 estados e 162 cidades diferentes sendo representadas na competição!

30º Enduro da Independência - Foto: Gustavo Epifanio / VIPCOMM

30º Enduro da Independência – Foto: Gustavo Epifanio / VIPCOMM

QUADRICICLOS E UTV’s A prova deste ano conta ainda com mais duas novidades. Este ano, a prova abre espaço para quadriciclos e Utv’s, que largarão no último dia em Alphaville e chegarão em Ouro Preto, onde também participarão das comemorações da chegada, como a entrega de medalhas na festa de premiação.

VINTAGE Outra novidade é a criação da Categoria Vintage, destinada aos pilotos que já fizeram história na competição. A categoria Vintage vai homenagear grandes ídolos do evento e reuni-los para um grande trail apenas no sábado (7), último dia de competições, de Viçosa (MG) a Ouro Preto (MG). Alguns nomes já estão confirmados, como Roberto Márcio Ferreira, conhecido como Beto Motorauto, vencedor da primeira edição da prova. Além de Beto, também já foram inscritos Rivail Paolino, Romeu Valadão, Stefam William, Francisco Souza Parreira, José Maria Machado e Vanius Carvalho.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

PERCURSO O percurso adotado será uma reprodução da Rota Imperial, caminho utilizado por Dom Pedro II em viagens ao interior do país, de Vitória (ES) a Ouro Preto (MG). O primeiro dia terá sua largada em Vitória e chegada em Venda Nova do Imigrante, com neutralizados em Santa Leopoldina, Marechal Floriano e Pedra Azul. Neste dia serão 217,37 kms de percurso que deverão ser realizados em 6h26. A prova começa com trechos de estrada até sair de Vitória, chegando às primeiras trilhas, que serão lisas e sem tantos degraus ainda no início. O caminho passa também por marcos históricos da Rota Imperial.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O segundo dia tem largada no Espírito Santo e chegada em Minas Gerais. Os pilotos saem de Venda Nova do Imigrante, passam por Conceição do Castelo, Ibatiba e Pequiá, pera então chegar em Manhuaçú, já em Minas e local do pernoite. Este dia tem 204,38 kms com os pilotos devendo fazer em 6h36. Os desafios começam a aumentar a partir deste dia. Os competidores passarão por maiores trechos de trilha, com pedras e plantações de eucaliptos, mesclando com estradas vicinais.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O terceiro dia da prova tem 231,57 kms. Largando em Manhuaçú, os pilotos passam por Divino e Ervália, para então chegarem em Viçosa, depois de 6h46. Neste dia os pilotos já começam o dia com um trajeto pesado de trilhas, com trechos de serras e montanhas que chegam a 1.320 metros de altitude, com terreno escorregadio. Logo na saída, a competição passará próxima ao Pico da Bandeira, que proporcionará um belíssimo visual aos pilotos.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O quarto e último dia de prova tem o menor percurso, mas nem por isso o mais fácil, já que serão percorridas as trilhas na região de Ouro Preto, local da chegada da prova. O último dia de competições será o mais técnico dessa edição, e exigirá muito esforço dos pilotos, já que a maior parte do caminho será de muita trilha. Depois de largarem em Viçosa, os pilotos passarão por Ponte Firme e Piranga, em mais 5h56. Antes de chegar em Ouro Preto no entanto, passam por Santo Antônio do Salto, pequeno distrito próximo a Ouro Preto, que proporcionará um belo visual aos competidores.

O paulista Ramon Sacilotti  e o mineiro Dário Júlio estão confirmados na prova

O paulista Ramon Sacilotti e o mineiro Dário Júlio estão confirmados na prova

PRESENÇAS ILUSTRES  Esta edição do Enduro da Independência contará com presenças ilustres na prova. Na categoria Master ao vários os favoritos. Os principais pilotos do Brasil estarão presentes e fica impossível apontar um favorito. Já confirmaram presença os pilotos Guilherme Cascaes, Emerson Loth Bombadinho, Jomar Grecco, Sandro Hoffmann, Mário Vignate, Álvaro Amarante, Allan Amaral, Alisson Branco, Gabriel Badaró, Gianino Coscarelli, dentre vários outros. Além disso, a prova ainda terá as presenças dos pilotos Dário Júlio, tetracampeão da prova, mas que tem se dedicado ao Rally no últimos anos e Ramon Sacilotti, também piloto de Rally. Outro piloto que marca seu retorno à prova é André Azevedo, depois de 16 anos sem competir com motos. Sem participar de uma prova de Regularidade, já são 23 anos. Com experiência de 25 edições do Rally Dakar (10 nas motos, 14 nos caminhões e uma nos carros), o piloto busca mais uma aventura na mais tradicional prova de regularidade do Brasil, mas já avisa que o principal será a diversão.

Mais informações no site do Trail Clube de Minas Gerais: TCMG.com.br

O Enduro da Independência 2013 tem patrocínio da Honda, Secretaria de Turismo do Estado do Espírito Santo, Prefeitura Municipal de Ouro Preto, Ipiranga, Instituto Rota Imperial, Microcity, Prefeitura Municipal de Vitória, Cervejaria Backer e Plena Alimentos. Apoio da Prefeitura Municipal de Viçosa, Prefeitura Municipal de Manhuaçu, Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante e Motostreet.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s