RN 1500: ‘Estreante’ Jean Azevedo vence e conquista o penta

Jean

A 16ª edição do Rally RN 1500 definiu seus campeões neste sábado (13). A competição, considerada uma das melhores do país, foi válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Após mais de mil quilômetros pelo RN, Jean Azevedo, estreando na equipe Honda, ficou com o título do evento, depois de uma disputa dia a dia com Dário Julio, também da Equipe Honda.

Jean venceu o 1º dos 4 dias de competição com Dario em 2º. No segundo dia as posições se inverteram, Dario Julio venceu e Jean foi o 2º. Jean voltou a vencer no 3º dia e no último, que teve bastante navegação por GPS, o vencedor foi Deni do Nascimento com Jean em 2º.

Com os resultados nos 4 dias, o piloto Jean Azevedo, venceu o 16º Rally RN 1500 e faturou o pentacampeonato da competição na classificação geral e na categoria Super Production, a principal entre as motocicletas. Dário Júlio e Ike Klaumann ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Guto Klaumann foi campeão da categoria Production Aberta.

“Estou muito contente. Praticamente vim ao rali sem treinar com a moto e fui surpreendido positivamente com o resultado. Conquistar a vitória no primeiro rali disputado em minha estreia na Honda também está sendo mais um motivo para comemorar”, afirmou animado o piloto, que correu com uma motocicleta Honda CRF 450 X.

O campeão ainda destacou as características da prova.

“Ela manteve a sua tradição, passando por estradas, serras, regiões de terra e areia. Já no último dia fomos premiados com trinta quilômetros apenas de dunas. Isso é bem legal numa disputa como esta, pois traz variados desafios a cada dia”, completou.

Dário Julio, que agora acumula as funções de piloto e chefe de equipe, também saiu satisfeito com os resultados:

Dario“Considero um excelente resultado. Afinal, Ike, Guto e Jean não tinham corrido com a Honda CRF 450X. É a primeira prova deles com esse equipamento, que é muito fácil de pilotar. Você tem a ‘moto na mão’ “, comenta Dário. “O clima na equipe não poderia ser melhor”, revela o piloto, que completou a etapa de sábado, nas dunas, sem GPS. “Meu equipamento quebrou e corri seguindo os rastros do Jean e do Ike, mas que passei por todos os postos de controle”. 

A prova teve início na quarta-feira (10), na cidade de Parnamirim, e terminou no sábado (13), em Natal, no Rio Grande do Norte. Os piloto percorreram cerca de 1000 kms nos 4 dias da competição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s