A grande surpresa do Rally dos Sertões

Nem Felipe Zanol, nem Dário Júlio, nem Jean Azevedo e nem Ramon Sacilotti. Apesar de favoritos e de estarem disputando as primeiras colocações, é um outro nome que vem se destacando na edição de 20 anos do Rally dos Sertões. Em sua primeira participação na maior prova off-road do Brasil e uma das maiores do mundo, a grande surpresa até aqui é o mineiro Nielsen Bueno.

Especialista em provas de Enduro FIM e Cross Country (onde já conquistou vários títulos), este ano também está disputando o Campeonato Brasileiro de Motocross, onde também tem conseguido muitas vitórias. Mas está estreando no Rally dos Sertões. E apesar de dizer que está pecando pela inexperiência na prova, tem conseguido ótimos resultados.

Já estava nos planos desse mineiro da cidade de Bueno Brandão participar do Rally dos Sertões, mas não agora. Segundo o próprio piloto, ele foi convencido por Dimas Mattos a entrar na edição deste ano do Rally. E mesmo antes da estreia ele já imaginava quais seriam suas principais dificuldades:

Foi muito recente, muito corrido, acabou nem dando tempo de estar 100% preparado para o Rally. Não que eu não esteja preparado fisicamente, mas a maior dificuldade é em relação a navegação, planilhas, GPS e até pelo lado psicológico. Eu consegui estudar, consegui colocar um pouco em prática, mas acho que esta vai ser a minha maior deficiência.

Depois de três dias de disputas intensas, Nielsen ocupa a 3ª colocação na Classificação Geral e é o líder na sua categoria, a Production Aberta, onde tem mais de 13 minutos de vantagem para o 2º colocado. E mesmo inexperiente, está deixando muitos favoritos na poeira.

“Está sendo um ótimo Rally, adorei os dois primeiros dias. Mas estou pagando pela minha falta de experiência e confesso que estou tendo algumas dificuldades com o roteiro. No segundo dia por exemplo, minha planilha travou e perdi tempo demais. Já hoje (3º dia), a especial foi curta e muito perigosa, fiz um 4º lugar com muita poeira, mas errei e ainda tomei mas de 3 minutos de penalização por causa de uma zona de Radar. Mas para um novato que está estreando no Rally, estar em 3º acho que está sendo bom.”

Sabendo que ainda tem muito chão pela frente e muita coisa pode acontecer, o principal objetivo do piloto da Equipe Brasil Moto Tour é terminar o Rally. Mas isso não impede Nielsen de fazer planos:

“Eu estou tranquilo, estou numa equipe muito bem estruturada e que tá me passando uma tranquilidade muito grande. Mas ainda estou aprendendo a cada dia, esquecendo um pouco da velocidade, andando mais focado na planilha. Ainda faltam 7 dias, vou me concentrar mais, sabendo que ainda tem muito chão pela frente e a meta é chegar bem em Fortaleza! Os resultados vem naturalmente, mas vamos estudando, vamos trabalhando e tentando melhorar”.

Como todo bom mineiro, Nielsen chegou discreto, sem muito alarde. Mas já está “comendo pelas beiradas” e mostrando serviço. Por isso é bom ficar de olho no piloto. Até porque, mesmo sendo sua primeira participação no Rally dos Sertões, ele já está bem acostumado a brigar pelo degrau mais alto do pódio!

Nielsen Bueno é piloto da Equipe ASW / Honda / Brasil Moto Tour.

Visite a página do piloto no facebook: Clique Aqui

Anúncios

Um comentário sobre “A grande surpresa do Rally dos Sertões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s