Dakar 2012 – Helder Rodrigues vence e Despres reassume a liderança

Després reassume a liderança do Dakar e praticamente garante o Tetracampeonato da maior competição off-road do mundo

A vitória hoje (14) do português Helder Rodrigues e o atraso do então líder espanhol Marc Coma foram os grandes destaques da penúltima etapa do Rally Dakar 2012. Após uma prova relativamente pequena, de 375 Km com uma especial de 275 Km, o francês Cyril Despres, segundo na etapa do dia e agora líder, finalmente desponta como favorito para vencer pela quarta vez o Dakar, faltando apenas a etapa entre Pisco e Lima, amanhã.

Despres alcançou hoje uma vantagem de 11 min 03 seg sobre seu colega na equipe oficial KTM. Os dois têm mais de uma hora de vantagem sobre Helder Rodrigues, da Yamaha. O português se manteve desde o início atrás deles.

Não será fácil para Coma tirar a diferença sobre Despres nessa última etapa. Mas nem impossível.

Felipe Zanol

Mantendo-se na décima posição, Felipe Zanol tem 13 minutos de vangagem sobre o 11º, o espanhol Barreda Bort. É mais importante ficar de olho nele do que tentar alcançar o francês Olivier Pain, cinco minutos à sua frente. O piloto da KTM Brasil já mostrou a que veio, alinhando para a última etapa na prova de 9 mil Km entre os Top 10 do Dakar. Nasceu uma estrela.

Felipe Zanol larga neste domingo a caminho de Lima, no Peru, quando cruza a rampa de chegada do Rally Dakar. O mineiro caminha a passos largos para confirmar o título de melhor piloto das Américas, estando em décimo lugar na classificação geral das motocicletas, mesmo sendo a primeira vez que disputa o maior rali do mundo.

A 14ª e última etapa larga de Pisco com 254 quilômetros de deslocamentos e apenas 29 km de especial, os quais irão apontar quem irá participar da cerimônia do pódio na capital peruana.

“Acredito que a corrida foi decidida hoje, mas como estamos no Rally Dakar, tudo pode acontecer amanhã. Estou tranquilo, já que fiz tudo o que podia para garantir o melhor desempenho nesta minha estreia, e me sinto extremamente satisfeito com os resultados. O objetivo principal era chegar em Lima e estou bem próximo disso. E uma segunda meta era estar entre os 15 primeiros, sou o décimo colocado. Estou muito feliz por tudo estar sendo ainda melhor do que eu esperava, tudo correu bem comigo e a motocicleta está 100%”, contou Zanol, que pilota uma KTM 450 Rally Replica.

O brasileiro levou um tombo na 13ª etapa, realizada neste sábado entre Nasca e Pisco, com 76 km de deslocamentos e 276 km de especial.

“Foi mais um dia extremamente difícil e complicado. Ao desviar de uma pedra na areia, acabei levando um tombo após o abastecimento, o que quebrou um pouco o meu ritmo na prova. Optei por seguir mais tranquilo para não comprometer o resultado que conquistei até aqui”, explicou Zanol, que está com um pouco de dor nas costas por conta da pancada. “Mas não é nada que irá me atrapalhar para chegar em Lima”, garantiu.

Zanol cumpriu o trecho cronometrado da 13ª etapa em 12º lugar, com o tempo de 3h31min42seg, de acordo com os resultados extra oficiais.

Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, Cia do Terno, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, SEEJ e Vedamotors, além do apoio de Água Mineral Ingá, Mr Pró e Brasil Moto Tour.

Programação da última etapa do Rally Dakar 2012
15/1/2012 – 14ª etapa
Pisco – Lima (Peru)
254 km de deslocamento
29 km de especial
Cerimônia do pódio em Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s