Dakar 2012: Dia de brigas intensas e Marc Coma assume liderança

O espanhol Marc Coma assumiu a liderança do Dakar, faltando apenas duas etapas para o fim da competição, que acaba em Lima, no Peru, neste domingo

E a briga pelo tetracampeonato do Dakar entre o francês Cyril Després e o espanhol Marc Coma segue quente. Hoje foi a vez de Coma dar o troco: venceu o dia e ficou 3m57s à frente do francês, que só foi o 4º colocado hoje. Com isso Coma assumiu a liderança da competição com 1m35s de vantagem. E amanhã larga na frente, enquanto Després será o 4º a largar, atrás de Coma e mais dois espanhóis, Barreda Bort e Viladoms.

A prova desta sexta-feira teve início em Arequipa e fim em Nasca, no Peru, e foi marcada por caminhos intermináveis de areia. No percurso, uma duna de areia de mais de 20 kms. O trajeto de hoje incluiu 246 quilômetros de especial e 259 km de deslocamentos.

Depois de andar toda especial de hoje sempre entre os 5 primeiros, Zanol teve problemas com as imensas dunas de areia e finalizou em 10º lugar, se mantendo entre os TOP 10 do Rally

ZANOL – O mineiro Felipe Zanol está a dois dias da chegada do Rally Dakar e, após a 12ª etapa, se manteve entre os primeiros terminando a especial de hoje em 10º. Com isso, manteve o décimo lugar na classificação geral das motocicletas e está a apenas 8 minutos do 9º colocado, Olivier Pain. Ele lagou hoje com quase 30 minutos de desvantagem para Pain.

O melhor piloto das Américas cumpriu o trecho cronometrado com o tempo de 2h33min56seg, de acordo com os resultados extra oficiais.Muitos pilotos tiveram problemas para passar pelas dunas e Zanol foi um deles.

Até ter problemas nas dunas, o brasileiro vinha sempre entre os 5 primeiros, chegando a ficar em alguns trechos a apenas 4 segundos do francês Cyril Després e a 30 segundos do espanhol Marc Coma, pilotos “oficiais KTM” e líderes da competição.

“Todos falam que o Dakar é famoso pelas areias e hoje pude comprovar isso. Foram 60 km de areia fofa e muita navegação, o que complicou bastante. Não consegui a velocidade que gostaria nas dunas, mas estou satisfeito com o resultado”, explicou o mineiro.

Neste sábado, a caravana do maior rali do mundo segue para Pisco, com 76 km de deslocamentos e 276 km de especial. A chegada será no domingo, na capital Lima, e Zanol tem como objetivo segurar a posição de destaque até o término.

“Vou seguir tranquilo, sem forçar, já que faltam apenas dois dias para o final. É hora de optar por uma pilotagem mais conservadora, já que estou muito bem fisicamente e tenho trabalhado para evoluir, principalmente na navegação”, concluiu o brasileiro, que disputa pela primeira vez o maior rali do mundo.

Com o desempenho até aqui o melhor piloto das Américas no Dakar se mantém entre os 10 mais rápidos, em décimo lugar na classificação geral, de acordo com os resultados extra oficiais.

Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, Cia do Terno, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, SEEJ e Vedamotors, além do apoio de Água Mineral Ingá, Mr Pró e Brasil Moto Tour.

Brasileiros –  Os outros brasileiros não tiveram um dia bom na competição. José Hélio Rodrigues foi apenas 0 37º, enquanto Denisio Nascimento foi o 41º. Dimas Mattos também teve problemas com as dunas de areia e foi o 86º no dia.

Na Classificação Geral Zé Hélio está em 19º, Denísio em 25º e Dimas Mattos em 62º.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s