Além dos novos lançamentos, Honda exibe suas motos de competição no Salão Duas Rodas

As motos de competição da Honda são as grandes vedetes, ao lado dos novos lançamentos da marca, na 11ª edição do Salão Duas Rodas. E quem quiser conferir de perto tem até o próximo domingo, dia 9, para visitar o stand de mais de 2 mil metros quadrados de área no Pavilhão de Exposições do Anhembi. A marca aproveita o Salão para comemorar os 40 anos de atividades no Brasil.

CRF 230 de Dário Júlio

Quem comparecer ao stand vai poder ver de perto as motocicletas utilizadas pelos pilotos da Equipe Honda Mobil e satélites em competições de motocross, enduro de regularidade, rali e motovelocidade.

Além disso, a programação da Honda inclui sessão de autógrafos com os pilotos oficiais da Equipe Honda Mobil: Leandro Silva, Wellington Garcia, João Paulino “Marronzinho’’, Jean Ramos e Dário Júlio.

A iniciativa busca aproximar o público fanático pela modalidade de seus ídolos:

CRF 450 - Rally dos Sertões

“As motos de competições estão com um bom destaque no nosso espaço. É importante mostrarmos ao público que gosta do esporte quais são as motocicletas apropriadas para as provas oficiais”, comenta o assessor de competições Wilson Yasuda.

Em paralelo ao Salão Duas Rodas será realizada a quarta etapa do Arena Cross, na sexta e no sábado (7 e 8). Os pilotos das categorias 50cc, 65cc, Júnior, MX2 e Pró participarão da competição em uma pista montada no Sambódromo.

“A prova na capital paulista é uma ótima oportunidade para divulgar a competição. É bom para o público poder assistir às corridas e para os próprios pilotos terem mais visibilidade, destaca José Luiz Terwak, gerente de pilotagem da Honda.

E quem deve aproveitar bastante o Arena Cross é o piloto Wellington Garcia, que volta às competições. Após cinco meses afastado de provas, devido a uma série de cirurgias, ocorridas por causa de uma queda no Mundial de Motocross, em abril, na Bulgária, o goiano passou por um intenso tratamento envolvendo fisioterapia e reforço muscular.

Ansioso, mas cauteloso, Wellington não vê a hora de poder vivenciar novamente toda a adrenalina de uma prova. Ainda que não esteja com o preparo físico no ponto ideal, o seu principal objetivo é terminar bem a prova.

“A expectativa é grande. Estava com saudade até de voltar sujo de terra para os boxes. No momento em que estiver no gate, a adrenalina vai subir e o coração vai disparar. Será uma sensação incrível, mas precisarei controlar a ansiedade. É fundamental ser consciente e ter cautela. Meu objetivo é terminar bem essa prova”, finaliza Wellington.

E enquanto não chega a hora de encarar as competições, o piloto aproveita para treinar na pista que mantém nos fundos da sua casa em Goiânia. Confira abaixo o vídeo de um dos seus treinos e a forma como encara a sessão de costelas, ao melhor estilo “Pastrana”:

O Arena Cross acontece na sexta e no sábado, dias 7 e 8 de outubro, na área externa do Anhembi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s